« Voltar

Frontoplastia – a técnica utilizada para suspensão das sobrancelhas e do supercílio

  • Dia 5 de Março de 2018

O que é a Frontoplastia?

A Frontoplastia é a cirurgia utilizada para a suspensão das sobrancelhas e do supercílio. O objetivo é reverter o processo de envelhecimento da fronte e glabela (testa).

Para quem está indicada a Frontoplastia?

Para pacientes com queda das sobrancelhas e supercílio, com rugas na testa e entre as sobrancelhas. Ou seja, pacientes com “olhar cansado” ou “olhar de bravo”.

Como é realizada a cirurgia?

São realizadas pequenas incisões no couro cabeludo, atrás da linha do cabelo. Através destas incisões são descolados pele e músculos com uso de equipamentos de fibras ópticas ligadas a um monitor de vídeo. Ou seja, não são necessárias grandes incisões como antigamente.

As rugas são tratadas com pinças e tesouras e as sobrancelhas são elevadas até a posição que elas estavam quando o paciente era jovem.

Quais são os possíveis riscos e complicações?

É considerada uma cirurgia de baixo risco. Hematomas são comuns e raramente necessitam drenagem. Assimetria das sobrancelhas é rara. A complicação mais temida é paralisia dos nervos da mímica da testa, mas felizmente é extremamente rara.

Em quais pacientes a cirurgia tem maior risco de complicação?

Pacientes com diabetes, hipertensão arterial, distúrbios de coagulação e, especialmente, fumantes.

Quais são os cuidados no pós-operatório?

Normalmente, o paciente recebe alta no mesmo dia em que foi realizada a cirurgia. Deve ser mantido repouso relativo por cerca de 48 horas após a cirurgia.

Pode ocorrer arroxeamento das pálpebras, por isso é importante o uso de compressas geladas sobre os olhos nas primeiras 72 horas após o procedimento.

Os pontos são retirados com 5 a 7 dias. Deve ser evitada a exposição solar nos primeiros 15 dias. Atividade física deve ser iniciada somente após 30 dias.

Fonte: Cirurgia da Face