« Voltar

Rinite e sinusite: causas, sintomas e prevenção

  • Dia 5 de Março de 2018

Nesta época de inverno e de seca, a poeira se acumula e voa pela cidade, e esse cenário causa muitas alergias. O nariz é a porta de entrada não só do ar, mas também da poeira, substância que pode causar danos às vias respiratórias e provocar alergias. As alergias são decorrentes de uma reação imunológica do corpo e de origem hereditária ou desenvolvidas ao longo da vida.

A rinite e a sinusite podem ser tipos de alergias que causam incômodo e mal-estar em quem sofre com esses males. Elas podem ocorrer juntas ou de forma isolada, porque em muitos casos a rinite provoca sinusite. Esses problemas, que têm nomes e alguns sintomas parecidos, apesar de bem diferentes, merecem atenção e tratamentos específicos. A rinite alérgica é uma inflamação da mucosa do nariz e a sinusite, da mucosa que reveste os seios da face, as cavidades paranasais.

Causas

A alergia respiratória é causada por componentes ambientais inalatórios, que ficam suspensos no ar. A poeira é a principal causadora de alergias como rinite e sinusite. Os ácaros são transportados pela poeira, se adaptam bem ao ambiente domiciliar e proliferam com facilidade, colocando a saúde do lar em risco. Outros alergênicos comuns que podem ocasionar uma crise são substâncias químicas, mofo, pelos de animais e cheiros fortes.

Sintomas

Ambas as doenças causam obstrução nasal e secreção, mas elas têm especificidades próprias. Os sintomas mais frequentes da rinite são coriza, ou seja, uma secreção clara que escorre do nariz, espirros, coceiras no nariz e nos olhos, nariz entupido e dor de cabeça.

A sinusite é manifestada por dor na face, dor de cabeça, cabeça pesada, obstrução nasal, coriza, tosse e febre ocasional. Ela pode ser aguda, quando os sintomas permanecem por até três semanas, ou crônica, com sintomas por mais de três meses.

Prevenção

Algumas medidas podem ser colocadas em prática para que você evite a rinite e sinusite. A alergia pode ser desencadeada por tapete, carpete, cortina ou algum outro objeto que acumule poeira, por isso uma das recomendações é manter a casa e os lugares que frequenta sempre limpos e arejados. Diminuir a presença dos agentes que podem causar alergias ajuda a resolver o problema. Evite também contato com mofo e cheiros fortes, realize lavagem nasal conforme recomendação médica para limpar as vias respiratórias e se hidrate e se alimente corretamente.

Consulte um otorrino do CEOL sempre que necessário. Nossos profissionais estão capacitados para identificar qualquer infecção no nariz ou na face e tratar da melhor forma possível, para que você tenha mais qualidade de vida e volte a respirar pelo nariz normalmente, sem obstrução ou incômodo.